Autoria Iraê Abate e Léo Professor "Por Mais Injusta Que Seja"

"










Por Mais Injusta Que Seja






Quanto amor cabe dentro de uma lágrima,
Que ao sair carrega junto o coração?
Uma história que nunca se esquecerá,
Começa com um sim, e no final se diz um não.

Por mais injusta que a vida seja,
Que nos coloque no mesmo caminho.
Basta um dia que eu te veja,
Menos um dia a sofrer sem seu carinho.

Que a distância nos faça melhorar.
Que o silêncio nos faça esquecer.
Que o amor que eu sinto por você,
Vou fazer força para desaparecer.

E a parede branca das noites que hoje vejo,
E o espelho vermelho daquelas manhãs,
São histórias que um dia contarei
Com um sorriso terno, com cavaco e tantans.


..."

4 comentários:

RoNi ReIs disse...

"Samba...agoniza mas nao morre...
Alguém sempre te socorre..."

Ei-lo aí, Irae !
Blz meu Rei ?!

Recebi o "chamado" por email e cá "vim-me eu" pra conferir....

Essa introduçao no Cavaco é o que há de melhor em nossa música, nao ?
Demaissssssssss !

Irmao ...bote aí os Versos da Cantiga no Blog pra mode a gente ler enquanto escuta, pode ser ?

Ah...vou te mandar um samba-cançao que fiz...legal !

Um abraço e vamos às Melodias...sempre !

Roni/SP

Iraê A. disse...

Agora sim, ROni. Valeu pela dica. E me mande sim! Mande que eu posto aqui!
Um abraço, irmão!

- Tetê - disse...

O samba cura. Adorei!

- Tetê - disse...

Gente! Que mais lindo! Adorei!

Seguidores

Pesquisar este blog